Notícias

JBS lança couro em revestimento que neutraliza o coronavírus

JBS lança couro em revestimento que neutraliza o coronavírus 22 ABRIL

Com o uso de nanotecnologia, a JBS Coros está se preparando para lançar um couro que tem capacidade de eliminar o coronavírus, causador da Covid-19 (Sear-cov-2). O produto recebe um aditivo de micropartículas de prata, que possuem ação antiviral. O couro revestido com esta nanotecnologia é indicado para superfícies que podem estar em constante exposição ao vírus, como móveis, assentos e volantes de veículos, além de roupas, bolsas e carteiras, entre outros inúmeros itens confeccionados com a matéria-prima. "Nosso couro passou por testes científicos que comprovam a inativação do vírus sars-cov-2", reforça o presidente da JBS Couros, Guilherme Motta.

            Em testes conduzidos no laboratório de biossegurança de nível 3 (NB3), do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, o material mostrou 99% de inativação do vírus Sars-cov-2 em 30 minutos a partir do contato com partículas virais. "O uso de nanotecnologia aumenta a superfície de contato da prata e sua estabilidade no couro, potencializando a ação antiviral", afirma o pesquisador Lucio Freitas, que participou dos testes.

            A tecnologia consiste em utilizar sais de prata sintetizados e estabilizados por nanotecnologia. "As micropartículas de prata são capazes de inativar o vírus por dois mecanismos: em sua membrana - onde rompem esse revestimento externo do vírus e inativam sua entrada nas células hospedeiras, e no RNA (ou no DNA), onde oxidam o material genético do vírus exposto, inativando sua capacidade de multiplicação", afirma o cientista de materiais Daniel Minozzi, fundador e diretor da Nanox, empresa especializada em nanotecnologia e antimicrobianos que desenvolveu o aditivo usado pela JBS Couros.

Fonte: Terra.com