Notícias

IBTeC intensifica atendimento a fabricantes de EPIs, para apoiar indústria mais demandada neste momento de desafios

IBTeC intensifica atendimento a fabricantes de EPIs, para apoiar indústria mais demandada neste momento de desafios 23 JULHO

O Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos - IBTeC - está intensificando o atendimento aos fabricantes de Equipamentos de Proteção Individual - EPIs, um dos segmentos mais demandados no planeta, neste momento de pandemia. Os laboratórios do Instituto atendem os setores de calçados, luvas e vestimentas, com ensaios de qualidade e performance que resultam na certificação destes produtos.

O presidente executivo do IBTeC, Paulo Griebeler, enfatiza que “o momento traz oportunidades junto com os desafios, e para que as indústrias brasileiras estejam prontas para atender este mercado, investimos fortemente no aparelhamento de nossos laboratórios, aumentando nossa capacidade de resposta”. O setor de EPIs, altamente demandado no momento, precisa de soluções rápidas para suas necessidades.

 OS ENSAIOS OFERECIDOS PELO IBTeC PARA EPIs

Calçados

  • Segurança (NBR ISO 20345)
  • Proteção (NBR ISO 20346)
  • Ocupacional (NBR ISO 20347)
  • Riscos Térmicos Soldagem (ISO 20349)
  • Riscos Térmicos Bombeiros (EN 15090)
  • Riscos Químicos (BS EN 13832-2)

Luvas

  • Riscos Mecânicos (EN 388)
  • Riscos Químicos (EN 374)
  • Riscos Térmicos Calor e Chamas (EN 407)
  • Riscos Térmicos Soldagem (EN 12477)
  • Riscos Térmicos Bombeiros (EN 659)
  • Luvas Cirúrgicas (ISO 10282)
  • Luvas Não Cirúrgicas (ISO 11193)

Vestimentas

  • Riscos Mecânicos (EN 388)
  • Riscos Térmicos Calor e Chamas (ISO 11612)
  • Riscos Térmicos Soldagem (ISO 11611)
  • Riscos Umidade (BS 3546)
  • Riscos Químicos (ISO 16602)
  • Proteção contra chuva (BS EN 343:2019)